Amor de mineiro

Ocê é o colírio du meu ôiu
É o chicrete garrado na minha carça dins
É a mairionese du meu pão
É o cisco nu meu ôiu
O rechei du meu biscoito
A masstumate du meu macarrão
Nossinhora! Gosdimais da conta docê, sô!
Ocê é tamém:
O videperfume da minha pintiadêra
O dentifriço da minha iscovdidente
Óiprocevê,quem tem ocê, tem um tisôru!
Ieu guárdesse tisouro, com todu carinho
Du lado isquerdupeito!
AMO ocê, uai!

Fonte: Publicado no Facebook por David Maia

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s