Livros lidos – edição especial

No antigo blog que eu mantinha, a cada virada do ano, fazia parte da retrospectiva a publicação da listagem dos livros lidos no seu decorrer. Como aqui no Catadupas eu ainda não havia publicado nenhuma delas, vou fazer retroativo. Começando por 2009 até 2011. A lista andou meio pobrinha nos últimos anos por causa da faculdade. Minha meta era um livro por mês, o que está bem longe de se cumprir. Mas nunca é tarde para correr atrás do prejuízo. =)

Sem delongas, vamos aos escolhidos!

Lidos em 2009:

1. 1808 – Laurentino Gomes
2. Operação Cavalo de Troia 2 – J. J. Benítez
3. Aventuras do pudim de Natal – Agatha Chistie
4. O Caçador de Andróides – Philip K. Dick (não incluído na lista original por completo esquecimento, mas fiz uma resenha)
5. A Torre Negra 1, o Pistoleiro – Stephen King
6. A Torre Negra 2, A Escolhe dos Três – Stephen King
7. A Torre Negra 3, As Terras Devastadas – Stephen King
8. A Torre Negra 4, Mago e Vidor – Stephen King

Foi um ano muito bom. Começando por 1808 e terminando com metade da coleção A Torre Negra. Stephen King não perdeu a mão nos mais de 20 anos entre o primeiro e o último livro. Ou até o penúltimo.. =P

Da lista acima, só Operação Cavalo de Troia tem uma nota baixa na minha avaliação. A história, que hoje está no nono livro (pasmem!), é boa no primeiro capítulo, do segundo eu não gostei e parei por aí.

Lidos em 2010:

1. A Torre Negra 5, Lobos de Calla – Stephen King
2. A Torre Negra 6, Canção de Susannah – Stephen King
3. A Torre Negra 7, A Torre Negra – Stephen King
4. Crime e Castigo – Fiódor Dostoiévsky (resenha que escrevi aqui)
5. Linha do Tempo – Michael Crichton
6. 1822 – Laurentino Gomes

Em 2010, encerrei a leitura da novela A Torre Negra. Recomendadíssimo! Lobos de Calla e Canção de Susannah são os melhores. Nesses dois é que a história pega mesmo, muito terror e suspense. Também são neles que alguns mistérios começam a ser desvendados e conhecemos a verdadeira história de Roland de Gilead.

Crime e Castigo vem em seguida. Uma leitura intensa e cheia de significado. Dostoiévsky não poupou seu lado filósofo nessa história. Apesar de ser bem escrita no quesito enredo, muitos podem não gostar, pois a tradução utiliza um português mais clássico, coisa que não vemos mais atualmente. Este eu demorei mais para ler, fiz a leitura com calma, para não deixar nada passar. Se o leitor estiver interessado em mais detalhes, pode ler a resenha que fiz.

Linha do Tempo é uma história interessante, um estilo Dan Brown puxada para o lado da ficção científica. É uma boa história, mas que não exige tanto do leitor. Depois de Stephen King e Dostoiévsky, eu precisava dar um tempo para a minha mente.

Fechando 2010, o segundo livro de Laurentino Gomes, 1822. Tão bom quanto o antecessor, traz muita história, curiosidade e um jeito de contar os fatos muito mais interessante que os livros didáticos utilizados nas escolas. Para mim, que sou filha de professora de História, foi tão interessante quanto os diversos livros de linguagem de programação que já li. =)

2010 foi outro ano bom para as leituras.

Lidos em 2011:

1. O Vendedor de Sonhos – Augusto Cury
2. Caim – José Saramago
3. O Brasil de Juscelino Kubitschek – Lucas Rodrigues da Motta Pires
4. O Guia do Mochileiro das Galáxias – Douglas Adams (resenha publicada aqui):

Volume 1: “O Guia do Mochileiro das Galáxias”
Volume 2: “O restaurante no fim do Universo”
Volume 3: “A vida, o Universo e tudo mais”
Volume 4: “Até mais, e obrigado pelos peixes!”
Volume 5: “Praticamente inofensiva”

Infelizmente 2011 foi um ano fraco, na quantidade e na qualidade. A ideia de que cada livro lido tivesse uma resenha publicada foi jogada fora por falta de tempo (saiba por que). O Vendedor de Sonhos foi um livro que li não sei por que motivo. Não sei se ganhei ou se comprei, mas como não conhecia Augusto Cury e estavam falando tanto nele, resolvi experimentar. Definitivamente não é meu estilo. Livros de autoajuda não fazem parte da minha estante e se o fazem é por puro descaso.

Para me redimir, fui direto para José Saramago, esse sim já conhecido e admirado desde Ensaio sobre a Cegueira. Virei tão fã dele que estou planejando comprar a bibliografia completa logo, logo (só falta sobrar $$). Caim é uma história alternativa para o personagem bíblico homônimo. Não é a história bíblica. Ouvi pessoas próximas a mim dizerem que detestaram a história porque conflita com a Bíblia. Ora, saibamos separar religião da literatura. Saramago não quis agredir ninguém com isso, apenas deu sua versão dos fatos. E o que as diversas religiões fazem hoje em dia senão interpretarem a sua maneira aquilo que está escrito. Paro por aqui esta discussão.

O Brasil de Juscelino Kubitschek me apresentou um país desconhecido, de uma parte da história que alguns professores me fizeram odiar como meus piores inimigos. Para mim era um bicho de sete cabeças, há uma semana sem comer e somente com algumas gotas de água para beber. Percebi que não era bem assim. Há muito mais na nossa história do que aqueles livros chatos e decoreba desnecessária. Agradeço a Gomes e Pires por me darem essa chance de voltar a amar a história do nosso país. Acompanhar a narração de uma história que começou em Belo Horizonte (rá), culminou na construção de Brasília, mesmo com seus questionamentos, e acabou com a sua morte em condições muito estranhas. Destino? Vai saber. Enfim, um livro pequeno, de narrativa fácil, que recomendo a todos. Merecia uma boa resenha. =(

(Peço perdão pela foto mal tirada, mas não encontrei uma imagem decente do livro na Internet e a luz aqui em casa não ajudou, nem a câmera)

Tão despretensiosa quanto estava ao ler Linha do Tempo, comecei o Guia do Mochileiro das Galáxias. O resultado, caro leitor, pode ser conferido aqui, mas asseguro que foi pior do que esperava.

Para 2012, eu espero que as coisas melhorem. Minha mesinha de cabeceira está cheia, tenho Crônicas de Nárnia, A Cabana e o super recomendado A Máquina de Fazer Espanhóis. Espero em breve voltar com uma resenha para cada.

Até loguinho, meus queridos!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s