Livros lidos em 2012 – parte 2

Mais uma parte da pequena lista de livros lidos em 2012 (veja a parte 1 aqui). Dividi em três partes para não ficar cansativo.

Abaixo continuo com as micro-resenhas e minhas avaliações de cada um.

8. A Guerra dos Tronos – George R. R. Martin5

Continuando a lista de boas leituras. Ah, Martin… mal sabia eu o que você estava prestes a fazer na minha vida. Assisti à primeira temporada de “Game of Thrones” e nem preciso dizer que me apaixonei, né? Comprei logo os quatro primeiros livros de uma vez, já que o Submarino foi bonzinho e fez todos por R$ 39,90. Presentão! Não canso de repetir que George R.R. Martin, ou simplesmente Martin, não poupa mocinho nem bandido. Aliás, alguém saberia me dizer quem é o mocinho e quem é o bandido? E é por isso que muitos sentem raiva ao acompanhar a história. Ele é inesperado e é isso o que eu mais gosto nele, mesmo matando minhas personagens favoritas.

9. A Fúria dos Reis – George R. R. Martin5

Mais algumas centenas de páginas de muita ação e mistério. Não dá para saber o que te espera na página seguinte. O clima fica pesado entre as casas e nada está garantido em mais um capítulo da novela “As Crônicas de Gelo e Fogo”.

10. A Tormenta de Espadas – George R. R. Martin5

Sério, não dá para colocar em palavras o que eu senti lendo esses livros. Martin é simplesmente um gênio da literatura atual. Acho injusta a comparação com Tolkien, li O Senhor dos Anéis e acho que são estilos completamente diferentes. Tolkien é mais épico, Martin é mais realista. Difícil saber de qual gosto mais. Recomendo que todos leiam esta novela. Recomendo também que esperem o lançamentos dos dois últimos capítulos que, pelas previsões, ainda vai demorar anos.

11. Neuromancer – William Gibson2

Sair de uma história eletrizante e cair num sucesso dos anos 80. Este livro teve grande repercussão quando lançado, sendo traduzido para diversos idiomas. Infelizmente a brasileira ficou horrível, ao ponto de torná-la quase incompreensível. O jeito vai ser aprender inglês decentemente e ler a versão original. Quem sabe a minha opinião muda.

12. A Menina Que Não Sabia Ler – John Harding3

Confesso que fui atraída para este livro por causa do título, muito semelhante ao “A Menina que Roubava Livros”. As semelhanças param por aí. A história em si é meio comum, o grande ápice é mesmo o fim, que dá margem a interpretações. Não existe um fim definido, você pode tirar as conclusões que desejar. Há quem não goste de finais sem solução, se este for o seu caso, não leia. Eu poderia dar uma nota para o livro inteiro e outra para o fim, obviamente este último seria bem melhor classificado.

13. O Festim dos Corvos – George R. R. Martin5

Foi bom dar uma pausa e digerir as milhares de páginas que Martin escreveu. O quarto livro da série ainda traz muita tensão e expectativa. Como ele consegue fazer isso com tantas personagens e vieses? Acho que Dan Brown podia ter umas aulinhas com ele. O livro é mais do mesmo, graças a Deus! Mas é muito mais, eu garanto.

14. A Senhora da Magia – Marion Zimmer Bradley (Coleção As Brumas de Avalon)5

Outra aquisição do Sub, sem arrependimento nenhum. Morgana é a minha heroína, deu até vontade de ser baixinha, morena e nascida em Avalon. A frase de Che Guevara “hay que endurecer, pero sin perder la ternura jamás”, para mim traduz muito bem o que foi a vida de Morgana. Não dá para falar da história sem correr o risco de publicar spoilers. Fica aqui a minha admiração pela história e meu agradecimento a Bradley pela excelente obra.

15. Cinquenta Tons de Cinza – E. L. James2

Presentinho do marido, já que todo mundo andava falando dele. Legalzinho, só isso. Como muitas repetições de expressões, cenários e situações, me senti em um loop, ainda bem que finito. Sabe aquela expressão “cachorro correndo atrás do rabo”? Então… Ah, ia me esquecendo, parece que foi escrito propositadamente para virar filme. O que dizer de uma autora que gasta mais de trezentas  páginas para contar uma semana da vida de uma pessoa? Depois da acompanhar a vida inteira de Morgana, sinto muito Ana Steele, sua vidinha é muito chata, nem seu Christian Gray salva.

16. A Grande Rainha – Marion Zimmer Bradley (Coleção As Brumas de Avalon)5

Morgana continua sua vida sofrida e eu a amá-la cada vez mais. Já disse que queria ser ela, né?

17. O Gamo-Rei – Marion Zimmer Bradley (Coleção As Brumas de Avalon)5

Artur, Artur.. como pode ser tão… tão… affff. Já comecei a sentir DPL (depressão pós leitura), mesmo que ainda não tenha terminado a coleção.

18. O Prisioneiro da Árvore – Marion Zimmer Bradley (Coleção As Brumas de Avalon)5

Não tem jeito, o que é bom dura pouco. Ainda bem que bons livros podem ser relidos. Mas abandonar uma personagem que você acompanhou durante toda a sua vida é difícil. Morgana deixou um gosto amargo na minha boca e Avalon entrou para a história e para o meu coração.

[Nova pausa para respirar]

A lista ficou um pouco maior neste post porque eu não quis dividir a coleção “As Brumas de Avalon”. Os comentários só fazem sentido se estiverem juntos. Na próxima teremos a terceira e última parte. Não perca!

A parte 3 pode ser lida clicando aqui.

Anúncios

2 comentários em “Livros lidos em 2012 – parte 2”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s