Defenestração – Dicionário Catadupas #1

Pessoas lindas!

Se tem uma coisa na vida que eu gosto muito é do português. Sim, nosso idioma é lindo, seja na fala ou na escrita. Aprender novas palavras e explorar seu significado, origem e história é muito interessante. Mas nem sempre foi assim. Se você não curte uma historinha, pule os próximos quatro parágrafos.

Uma breve recordação

“A long time ago, in a galaxy far far way”, eu era uma menina rabugenta que odiava estudar Português. Meu amor pela Matemática, confesso, sempre foi maior. Soma-se a isso a incapacidade de alguns professores em despertar o interesse dos alunos pelo conteúdo da sua disciplina. Quem vem da escola pública, como eu, sabe muito bem do que estou falando.

Tudo mudou quando, procurando aprender mais Matemática, fui fazer escola técnica de eletrônica. Parece frase de filme, mas é a pura verdade. Foi quando tive professores que pareciam realmente gostar de ensinar e sabiam do que estavam falando. Situação que poucas vezes encontramos no ensino público. Como já tinha um apreço pela leitura, me senti encorajada até mesmo a discutir literatura com eles. Foi uma experiência única.

E assim comecei a ter outra visão de uma disciplina que acreditava não gostar, mas que no fundo só não entendia. Ao começar a enxergar a lógica existente por trás de cada regra, foi mais fácil entender e aplicar.

Em homenagem ao nosso incompreendido idioma, estou inaugurando a seção “Dicionário Catadupas”. Serão apresentadas algumas palavras desconhecidas, seu significado e, caso possível, a origem e derivadas. Já escrevi anteriormente sobre algumas delas, começando pelo nome do blog (que você pode conferir aqui), sobre o que é a profissão de calceteiro (link aqui) e a palavra mais amada pelos mineiros (curioso? Veja aqui do que estou falando).

Diccionario, no eres
tumba, sepulcro, féretro,
túmulo, mausoleo,
sino preservación,
fuego escondido,
plantación de rubies,
perpetuidad viviente
de la esencia,
granero del idioma.

Pablo Neruda, “Oda al Diccionario”.

Defenestração

A palavra de hoje é: defenestração. Já tem muito tempo ou vi esse termo e nunca mais me esqueci dele. A intenção era, como estou fazendo agora, escrever sobre ela. Mas acabava postergando. Só que ela nunca me abandonou. Curioso, não?

Defenestração. [Do fr., défenestretion.S. f. Ato de atirar alguém ou algo pela janela fora: A defenestração de Praga ocorreu em 1618.

Ou ainda:

Defenestrar. [Lat. defenestrare] V. t. d. 
1. Atirar (algo ou alguém) pela janela.  
2. Fig. Afastar ou expulsar (de cargo, partido, etc.)

Do francês: fenêtre (janela).

Em outros idiomas:

  • Alemão: Fenstersturz
  • Espanhol: Defenestrar
  • Francês: Défenestrer
  • Inglês: To defenestrate
  • Italiano: Defenestrare
  • Latim: Defenestrare

História

Dois fatos históricos ocorridos na capital da República Checa, são conhecidos pela “Defenestração de Praga”. O primeiro, datado de 1419, resultou na morte de sete membro do conselho da cidade, que se recusaram a libertar prisioneiros hussitas. Os homens foram atirados pelas janelas e caíram sobre lanças.

A segunda, e mais famosa, aconteceu em 1618, sendo o estopim da Guerra dos Trinta anos. Revoltados com as proibições impostas a eles, alguns protestantes jogaram pela janela do palácio real de Praga os representantes do sacro imperador romano-germânico Fernando II. Diferentemente do primeiro evento, eles não morreram, mas foram humilhados ao caírem em um fosso cheio de palha e detritos orgânicos.

Atualmente a palavra é mais utilizada com sentido de se livrar de alguém politica ou administrativamente, demitindo-a ou marginalizando-a.

Siglas:

  • Fig – figurado (sentido)
  • fr. – Francês
  • S. f. – Substantivo feminino
  • V. t. d. – Verbo transitivo direto

Fontes:

  1. FERREIRA, A. B. H. Novo Dicionário da Língua Portuguesa. Rio de Janeiro: Editora Nova Fronteira, 1975.
  2. FERREIRA, A. B. H. Mini Aurélio: o dicionário da língua portuguesa. Curitiba: Positivo, 2010.
  3. Wikipedia
  4. Barbosa, E. A Origem das Palavras. Bazar Editoria, 2010.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s