Receita de pão de queijo [2]

Vamos combinar que pão de queijo é bom a qualquer hora! Pode ser no café da manhã, um lanche rápido no fim de tarde, ou até mesmo para aquele dia que bate uma preguiça de fazer o jantar. Ele vai bem com café preto fresquinho ou com suco de laranja bem gelado. Dá para comer puro, com requeijão (depois que ele sai do forno, bem quentinho, hummmm!), rechear com presunto e queijo. Enfim, é soltar a imaginação e aproveitar!

Já publiquei uma receita dessa gostosura aqui no blog (confira aqui). É a versão da minha tia, que provavelmente foi passada a ela pela minha avó ou uma tia avó. É uma receita gostosa, que deixa os pães mais aerados, eles crescem muito, mas o interior fica todo cheio de buraquinhos.

Eu gosto mais daquelas versões massudas, que ficam com o interior bem macio e uma fina casca crocante, que é a receita que vou compartilhar com vocês hoje. Se não me engano, eu a obtive de um programa da EPTV (afiliada da Rede Globo no sul de Minas) chamado “Caminhos da Roça”.

Close da gostosura
Close da gostosura (os meus prefiro bem branquinhos)

Ingredientes:

  • 2 xícaras (chá) de polvilho (doce ou azedo)
  • 1 xícara (chá) de leite
  • 1/2 xícara (chá) de margarina derretida
  • 2 ovos
  • 1 xícara (chá) de queijo ralado (de preferência meia cura)
  • 1 pitada de sal

Modo de preparo:

  1. Coloque a margarina no microondas por 30 segundos para derreter e em seguida misture ao leite.
  2. Leve a mistura ao fogo até ferver.
  3. Em uma vasilha, coloque o polvilho e escalde com a mistura fervida. Reserve até esfriar.
  4. Quando estiver frio, acrescente os ovos, o sal e o queijo ralado e misture até obter uma massa homogênea.
  5. Passe óleo nas mãos e faça bolinhas com a massa.
  6. Coloque as bolinhas em uma assadeira e leve ao forno a 200° C por 30 minutos ou até dourar. Não é preciso untar a forma.

Rendimento: 20 pães de queijo médios.

Dicas:

  • Congelar: basta fazer as bolinhas, distribuí-las em uma vasilha de forma que não encostem umas nas outras e levar ao congelador por até 3 meses. Para assar, eu prefiro descongelar, mas também pode ir direto ao forno.
  • Recheio: assim que sair do forno, corte ao meio e recheie a gosto. Meu sabor favorito é o requeijão, mas pode ser frango desfiado, presunto e mussarela (ou muçarela?), cheddar, catupiri, queijo prato ou peito de peru.

Aprecie sem moderação!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s