Impressões sobre o Nokia Ovi Suite – parte2

Já passou da hora de continuar essa história. Felizmente essa pausa foi importante para eu reavaliar todas as opiniões sobre o Ovi, suas ferramentas e novidades. Posso agora continuar divulgando minha opinião sem medo de ser feliz. 🙂

Desta vez serei mais breve:

Quando disse no final do post anterior que estava revendo minha opinião sobre o Ovi, não estava apenas me referindo ao software, mesmo porque de nada adiantaria a evolução se eu não tivesse um telefone que pudesse utilizar os recursos que garantem a ele um destaque frente ao PC Suite. Do contrário nem teria migrado.

A questão é que o Ovi Suite foi desenvolvido para integração entre hardware, software E internet (destaco aqui a navegabilidade como ponto essencial). Com ele é muito mais fácil baixar novos programas e gerenciá-los. Prova disso é que já tenho 12 jogos instalados no meu Nokia (minha filha adorou todos e ainda pede mais), alguns aplicativos que achei essenciais e outros instalei apenas por diversão. Mas a grande facilidade de instalá-los foi o que mais me agradou. Uma navegação rápida e já estava tudo funcionando.

Gostei muito da Loja Ovi. Há uma área para gadgets free e outra para os pagos, mas pelo que vi na loja nacional, ainda não há nenhum para comprar, está lá certamente aguardando uma evolução. Particularmente os grátis já me atenderam de forma satisfatória.

Essa para mim foi a parte boa de toda a história. Com a rede WiFi posso baixar e testar novos programas de qualquer lugar. Tenho uma referência de busca e confiabilidade nos aplicativos.

Para encerrar e acabar de vez com a má impressão que tive, acredito que a Nokia tenha acertado na questão interatividade, mas ainda peca no software local. No geral daria nota 7 para o aplicativo e estou ansiosa para aumentá-la.

Vou preparar uma lista dos gadgets que tenho instalado hoje e a opinião sobre cada um deles. Em breve.

Anúncios

Impressões sobre o Nokia Ovi Suite – parte1

Quem me acompanha no Twitter deve ter percebido a minha saga para atualizar o firmware do meu celular. Recentemente troquei o Nokia N73 por um N95 8GB. Estou na fase de instalar novos aplicativos, explorar seus recursos e analisar as ferramentas.

Com o N73 eu utilizava o PC Suite, um software da Nokia para gerenciamento dos aplicativos e dados do aparelho. Para falar a verdade eu usava muito pouco, mais para instalar um novo aplicativo, já que as fotos e músicas eu adicionava diretamente pelo Explorer do Windows. Porém, ele era bem limitado e para o que se propunha a fazer, bem pesado.

Quando comprei o N95, a primeira coisa que fiz foi procurar por atualizações disponíveis no site da Nokia, não costumo instalar os aplicativos que vêm no CD junto com o aparelho. Como eu já tinha perdido o HD do meu laptop (isso é outra história), precisaria mesmo reinstalar o software para comunicação com o celular. Foi então que eu descobri o Ovi Suite.

De cara não gostei muito. O pacote de instalação é grande (exatos 93,8MB), se comparado com os 32,9MB do PC Suite. E como diz o ditado, quando o pasto muda de cor, o burro morre de fome (considere também a cor do cabelo daquela que vos escreve), após a instalação, confesso que fiquei meio perdida na nova interface.

Já na instalação o software pede para ser criada uma conta Nokia, que permite compartilhamento de fotos e vídeos, acessar o Nokia Maps (que ainda não testei, pois nas terras das Minas onde moro não funciona muito bem), fazer backup dos contatos e agenda e mantê-los na conta online. Criei a minha conta, mas não usei estes recursos também. Essa conta também dá o direito a um email no domínio @ovi.com.

Quando é aberto pela primeira vez, o Ovi Suite pergunta quais itens deseja sincronizar (contatos, mensagens, fotos e músicas) e se deseja sincronizá-los automaticamente toda vez que conectar o celular ao PC. Essas configurações podem ser alteradas posteriormente no software.

A interface é bem clean, parece muito com as aplicações da Apple, o estilo da tela e a cor cinza lembram muito o iTunes. Minha reclamação é quanto à disposição inicial da tela, todos os itens aparecem um ao lado do outro e ao posicionar o mouse sobre um deles, é realizada uma animação “rolando” entre os demais registros. Nada grave, mas a mudança de paradigma leva algum tempo para acontecer.

Ao clicar sobre uma das categorias, são apresentados seus detalhes. Essa parte sim, eu gostei. Os contatos aparecem separados por grupos, as fotos por ábum, permitindo também a criação de novos álbuns e posterior sincronização com o telefone. As mensagens são dispostas como um chat entre emissor e destinatário, o que ajuda a entender um pouco mais a conversa. Os mapas são classificados por continentes e estes por países. Para o Brasil são nada menos que 102MB de download, disponibilizando a consulta offline (que não é tão rápida nem muito confiável, mas considerando a região onde moro, não faz diferença). Detalhe: na América só estão disponíveis os mapas da Argentina, Brasil, Canadá, Chile, México e EUA. As músicas são organizadas por artistas ou ábuns, é possível a criação de listas de reprodução, o que para mim é mais fácil fazer no PC do que no próprio celular. Também há um link para a loja Ovi Music.

O Ovi também oferece o recurso de atualização de software, e é aqui que começam os meus problemas. A atualização do software do PC ocorreu sem problemas, pedi para atualizar e ele baixou e instalou a atualização. Mas na hora de atualizar o firmware do celular, foi um parto. Fiz diversas tentativas, dezenas de backups, mas o Ovi simplesmente não baixava os arquivos necessários, ou informava que havia ocorrido um problema de conexão ou baixava os 120MB de update e do nada começava a baixar de novo. Foram aproximadamente 5 dias de tentativas de atualização sem sucesso. Juro que pensei em desistir e fui procurar na internet alguma referência sobre a mal sucedida atualização. Muitos recomendavam não atualizar, devido a restrições encontradas na nova versão, que ainda não foi hackeada. Mas como boa usuária que sou, prefiro atualizar.

Depois de dias tentando baixar pelo Ovi, resolvi apelar para a atualização “na unha”. Instalei o Nokia Software Updater e deixei que ele fizesse o trabalho. Mesmo não funcionando 100% com deveria (o pacote de download que era de 120MB chegou a quase 200MB), consegui finalmente atualizar o firmware do N95 8GB. Após aquele friozinho na barriga, celular reiniciando, dados apagados, tudo ocorreu sem problemas. Primeira parte da história está quase completa.

Então era hora de provar que o backup do Ovi Suite realmente funciona. O software armazena um histórico cronológico dos backups realizados, por default o último é o selecionado para restauração. Achei isso útil, pois se for necessário instalar um gadget duvidoso, é possível fazer um ponto de restauração caso ele coloque tudo a perder.

Já com meus contatos de volta, SMSs, músicas e outros aplicativos, era hora de conferir se todos funcionavam bem. Alguns precisaram ser reinstalados, como o Fring e o Skype, pois ao rodar exibiam uma mensagem de restrição de segurança e não entravam mais.

A minha impressão inicial sobre o Ovi Suite não foi uma das melhores, mas recentemente comecei a rever esta minha opinião. Como este post já está meio grandinho, essa história vai ficar para a próxima =P.

Para fechar, uma frase que um amigo me disse recentemente:

Só os ignorantes não mudam de ideia.